Entenda a importância do tempo de qualidade com a família

Com o dia a dia cada vez mais corrido, as pessoas acabam tendo menos tempo para curtir a família.

Embora essa seja uma realidade comum, é importante tomar medidas para atenuá-la, investindo em tempo de qualidade com as pessoas que você ama. Mesmo que você não tenha muito tempo livre, aproveitar o período com qualidade é o que conta de verdade!

Para aprender a tornar o seu momento livre (mesmo que curto) em tempo de qualidade, e encaixá-lo em sua rotina, acompanhe o artigo de hoje!

O que é tempo de qualidade, afinal?

Muitas pessoas não sabem, mas a expressão “tempo de qualidade” se tornou comum para sinalizar o período dedicado, exclusivamente, a uma pessoa. Como já dito, as obrigações do dia a dia reduzem significativamente as horas livres que temos e, por isso, é bom programar o tempo para o que realmente importa.

Uma boa maneira de lidar com a situação é investir em momentos de qualidade com a sua família. Aproveite a oportunidade para construir relações duradouras, promover conversas mais profundas e ter um período destinado exclusivamente aos familiares.

Pare e pense: uma relação de proximidade exige esse tipo de investimento. Existem necessidades que devem ser supridas e preenchidas, como a atenção, o afeto e o diálogo — e isso só é possível por meio do relacionamento interpessoal.

A partilha de experiências e a construção de boas memórias só acontecem quando as pessoas dividem o seu tempo, não é mesmo? Nesses momentos, fica mais fácil tocar, abraçar e se aproximar dos seus familiares.

Qual é o cenário hoje?

Como você deve imaginar, muitas famílias vivem hoje sem desfrutar do tempo de qualidade. Para exemplificar esse pressuposto, uma pesquisa britânica levantou a realidade em 25 países ao redor do mundo e revelou que homens e mulheres dispõem apenas de 36 minutos do seu dia para dedicar tempo de qualidade à sua família.

Assustador, não é? Quando somamos esse tempo ao longo de um ano, obtemos um resultado correspondente a, aproximadamente, apenas 15 dias — sendo que grande parte desse período ainda é potencializado em datas comemorativas, como Natal, aniversários e outras festividades.

O impacto disso tudo nos relacionamentos familiares é que os cônjuges têm a sensação frequente de não aproveitarem o casamento e os pais a de não acompanharem o crescimento dos filhos. Muitos deles, inclusive, apontam a perda de momentos cruciais na vida dos pequenos — e se você já é pai, sabe que é verdade.

O trabalho e a rotina atribulada acabam sugando as nossas energias e, mesmo quando estamos juntos daqueles que amamos (assistindo televisão, por exemplo), acabamos não querendo conversar ou socializar — reflexo do cansaço ou do estresse.

Agravante

A pesquisa ainda revelou um agravante: mesmo quando estão em casa, os pais não estão totalmente presentes. Muitos deles chegam e ainda precisam finalizar alguma tarefa profissional ou, ainda, ficam mergulhados nas tecnologias, checando o Facebook e o WhatsApp, por exemplo.

Justamente por isso é bom aproveitar o tempo livre. Mesmo que sejam poucos minutos, é importante parar e ter tempo de qualidade com a família.

Como ter esse tempo com a minha família?

Agora que você já sabe como o tempo de qualidade é importante, deve estar se perguntando como adotar esse hábito diariamente com a sua família, certo? Levantamos algumas dicas para te ajudar. Confira!

Organize o seu dia

Organização é fundamental para otimizar o tempo que dispõe. Ao fazer a gestão do seu dia, já inclua o período destinado para os momentos em família. O planejamento irá lhe ajudar a cumprir as suas metas dentro dos prazos, mas sem deixar de lado o tempo de qualidade com quem você divide a vida.

Muitas pessoas, diante da falta dessa sistematização, acabam ficando por um período maior no trabalho do que deveriam, lidando com problemas que poderiam ser evitados. Consequentemente, o tempo que era para ser destinado ao parceiro e aos filhos, fica comprometido.

 

 

Fonte: blog.voce20.com